Destinos

Como fazer um safári na África

Por admin em 27 de abril de 2018

O continente africano é conhecido por sua paisagem deslumbrante, cultura exótica e, principalmente, pelos safáris incríveis.

Realizar um safári é um momento indescritível. Conhecer animais das mais diversas espécies e ver de perto a beleza dessa natureza é realmente gratificante. Mas, pode onde começar?

Quer fazer um safári na África? A gente te ajuda!

Antes de mais nada é importante salientar que o continente africano possui muitas opções para visitação, pois é formado por nada menos que 54 países. Cada lugar possui suas próprias características,e por isso é preciso pensar com calma.

Planejamento

O continente africano está repleto de atrações diferentes em cada um de seus países, e por isso, você não conseguirá conhecer tudo de uma vez, ou seja, é preciso de um planejamento.

Então a primeira coisa a se fazer é saber o que você espera de um safári na África. Quer ver leões passeando pela natureza? Gorilas no meio da floresta? Ter uma experiência completa no meio dos animais? É importante definir aquilo que mais lhe agrada para selecionar o seu destino.

Para onde ir?

safari1

Sul da África

Na parte sul do continente, é possível encontrar os destinos mais fascinantes e populares como: Botsuana, Namíbia, Zimbábue e África do Sul.

A África do Sul é um bom ponto de partida, pois oferece voos e transportes para diversos outros países que você possa desejar visitar.

Nessa região você pode encontrar uma grande variedade de animais: girafas, zebras, gazelas, gnus, além do chamado “big 5”, grupo dos cinco mamíferos selvagens de grande porte mais famoso das savanas composto por leão, elefante, búfalo, leopardo e rinoceronte.

Leste da África

O leste africano também é uma excelente opção de safári para quem deseja encontrar paisagens paradisíacas e diversas espécies de animais.

Por exemplo, em Uganda, é possível avistar os gorilas no meio da selva. Já no Quênia, a variedade é ainda maior, pois a vida selvagem dos animais é muito presente naquela região.

Além disso, você pode se deliciar nas praias incríveis de Moçambique ou da região de Zanzibar e aproveitar expedições pelo Kilimanjaro na Tanzânia. Tudo depende do que você quer conhecer.

Oeste da África

Apesar de ser complicado viajar por essa parte do país, os lugares são incríveis e tem muito a oferecer. Senegal, Gana e Mali são alguns exemplos de muita beleza, paisagens incríveis e diversos animais para conhecer.

Não deixe também de levar em consideração a época do ano que você irá visitar, pois muito do que você poderá ver depende das condições da natureza.

É caro fazer um safári?

Apesar do baixo custo de vida na maioria dos países africanos, realizar um safári não é barato e você acaba gastando mais do que imaginava.

O transporte público é barato, mas muitas vezes é complicado entender o seu funcionamento, e por isso você deve considerar alugar um carro, ou fechar um passeio privado.

As acomodações não são as melhores pelo preço cobrado, mas é de se entender, pois o turismo é o grande atrativo da maioria dos países.

Como se locomover?

safari2

O transporte público (ônibus/vans) são os meios de transporte mais comuns. Os ônibus leitos são os mais confortáveis, grandes e seguros, e são indicados para viagens de longa distância.

As vans não são uma boa ideia, pois a capacidade é baixa e quantidade de pessoas que é colocada lá dentro é muito maior do que a capacidade máxima.

Outra opção são os overland tours, que são bem populares nos países africanos. Neste caso, você se junta a outros viajantes para fazer o passeio em grupo, como se fosse uma excursão, com guia e tudo.

Se você optar por avião, saiba que não é barato se deslocar por esse meio de transporte, principalmente nos países da África por causa da baixa demanda local. Entretanto, pode ser uma boa alternativa se você pesquisar voos com antecedência.

Aluguel de carro

Chamado de “self-drive-safari”, o safári por conta própria é muito comum nos países africanos. Entretanto, essa opção exige maior planejamento e preparo, pois é preciso definir o trajeto, escolher os pontos de parada e verificar as condições do percurso, que, em alguns casos, só pode ser feito de 4×4.

Também é importante escolher um bom veículo para não passar nenhum sufoco no meio do deserto. A recomendação é que não se dirija à noite e sempre tenha um plano b, em caso de necessidade.

Saúde:

Muitos países exigem vacina contra a febre amarela. Dependendo do seu destino, outras vacinas podem ser requisitadas. Procure as recomendações de acordo com os países que você irá visitar.

Outro ponto importante é se proteger da malária. Apesar de não ter vacina, é necessário tomar um medicamento. Dependendo do país, a malária é um problema grave.

De fato, o continente possui muitas opções e nem sempre realizar um safári será fácil. Mesmo assim, vale muito a pena! Planeje e tenha uma experiência incrível.